Pages

18 abril, 2018

Tina Knowles fala sobre a performance de Beyoncé no Coachella 2018


A performance de Beyoncé no Coachella de 2018 foi incrível por vários motivos. Em primeiro lugar, ela é Beyoncé; é uma bênção toda vez que ela nos agrada com sua presença. Seu set era mais do que apenas divertido, no entanto, ao longo da performance, Beyoncé prestou homenagem à cultura negra, especificamente faculdades e universidades historicamente negras (HBCUs).

Ela começou seu comentário logo no início, quando uma voz alta apelidou o show de "Beyoncé Homecoming 2018". Ele tocou no tema HBCU do set de Bey, enquanto também concordava com o fato de ser a primeira mulher negra a liderar Coachella. Este conceito abrangente foi acompanhado por linhas de bateria, coros e esquadrões de passos entre as mudanças de roupa de Beyoncé - todas características de HBCUs. Ela também canalizou Wakanda, a nação fictícia em Pantera Negra, durante o show, que ampliou seu tema de empoderamento negro. Milhares de pessoas, especificamente mulheres negras, deixaram o Coachella de Beyoncé se sentindo inspirado e mais representado do que nunca. Beyoncé seguiu isso anunciando que está doando US $ 100.000 em dinheiro para quatro HBCUs:

Mas Tina Knowles-Lawson, mãe de Beyoncé, estava originalmente preocupada sobre como o desempenho seria percebido. A famosa matriarca revelou no Instagram esta semana que ela achava que a audiência "predominantemente branca" de Coachella não entenderia as mensagens de sua filha. Beyoncé, no entanto, não se intimidou com isso.


"Eu disse a Beyoncé que temia que o público predominantemente branco no Coachella ficasse confuso com toda a cultura negra e a cultura universitária negra porque era algo que eles poderiam não entender", ela escreveu no Instagram, ao lado de uma foto de um citação sobre o desempenho do Coachella. "A resposta corajosa de [Beyoncé] para [minhas preocupações] me fez sentir um pouco egoísta e envergonhada. Ela disse, eu trabalhei muito duro para chegar ao ponto em que tenho uma voz verdadeira, e neste momento da minha vida e minha carreira , Tenho a responsabilidade de fazer o que é melhor para o mundo e não o que é mais popular ".

Saw this written above photo and commentary by: Alisa Adamson Profit and thought i would share it with you https://apple.news/AmQP7CFzMQOS7gDDGvfigMw ❤️❤️I told Beyonce that i was afraid that the predominately white audience at Coachella would be confused by all of the black culture and Black college culture because it was something that they might not get. Her brave response to me made me feel a-bit selfish and ashamed. She said i have worked very hard to get to the point where i have a true voice and At this point in my life and my career i have a responsibility to do whats best for the world and not what is most popular “ She said that her hope is that after the show young people would research this culture and see how cool it is, and young people black and white would listen to “ LIFT EVERY VOICE AND SING and see how amazing the words are for us all and bridge the gap. She also hopes that it will encourage young kids to enroll in our amazing HIstorically Black Colleges and Universities . I stand corrected ❤️
Uma publicação compartilhada por Tina Knowles (@mstinalawson) em


Resultado de imagem para beyonce coachella

Nenhum comentário :

Postar um comentário