14 novembro, 2017

Topshop anuncia que seus provadores não são mais separados por gênero

Topshop anuncia que seus provadores não são mais separados por gênero

A Topshop acaba de anunciar que seus provadores não são mais separados por gênero. Ao contrário de serem divididos entre homens e mulheres, os espaços são agora considerados neutros. Decisão foi tomada depois de Travis Alabanza, que é trans, ter registrado uma queixa contra a marca por um constrangimento dentro de uma das lojas da marca em Manchester, na Inglaterra. 

De acordo com BuzzFeed News, Travis estava fazendo compras e, ao tentar provar um vestido, não pode entrar no espaço feminino, tendo que se dirigir ao provador exclusivo para homens. “A atendente não foi rude, mas também não foi simpática”, contou Travis ao veículo. "Eu disse que não estaria em segurança lá embaixo e perguntei o que ela queria que eu fizesse. Fiquei mal… Eu pensei que podia comprar os vestidos e levar para casa para experimentar, mas me perguntei: qual o motivo de eu estar fazendo isso? Meu dia ficou instantaneamente repleto de política quando tudo o que eu queria era um momento tranquilo de compras”, descreveu na entrevista. 

Depois de Travis compartilhar o ocorrido no Twitter, a Topshop refletiu sobre a questão e lançou um statement falando sobre a decisão: “ambos os provadores da Topshop e da Topman ficarão disponíveis para todos os clientes.” Em resposta ao tweet de Travis, alguém da equipe de relações públicas de empresa comentou: “nós atualizamos as política de  provadores.” 

Fonte: ElleBrasil

Postar um comentário

© SHIRLENE SOUZA . Design by FCD.